Outros

Pais felizes, filhos felizes …

 

Estou completamente convicta de que os filhos são o espelho dos pais. Os filhos imitam os pais. Os filhos seguem o exemplo dos pais. Se os pais têm maus comportamentos, o que se pode esperar dos filhos? Se os pais vivem em ambiente hostil, de constantes desavenças, qual será o comportamento dos filhos? Claro que os filhos são mais ou menos tranquilos, dependendo do ambiente familiar que os pais lhe proporcionam. Esta influência também se estende, em meu entender, aos avós e familiares ou amigos mais próximos da criança ou crianças. Há pais que dizem, e até parece que acreditam mesmo nisso, que os filhos são assim ou assado porque têm uma personalidade mais rebelde ou porque têm mau feitio… mas, acredito firmemente, que a personalidade da criança se vai formando consoante as experiências que lhe são proporcionadas. Assim, filhos de pais deprimidos, filhos de pais em constante guerra, filhos de pais com comportamentos mais desviantes, naturalmente vão ser crianças mais agitadas, mais ansiosas, mais irrequietas e, sobretudo, menos felizes. Muitos pais descarregam nos filhos as suas frustrações diárias, não lhes proporcionam a atenção que eles precisam, não têm a paciência e a tolerância necessária, não lhes dão os estímulos que eles necessitam para a sua formação e crescimento, e depois esperam que os filhos sejam as crianças mais equilibradas do mundo! Não, meus caros, claro que não vão ser! Acreditem mesmo que para ter crianças felizes, os pais devem estar felizes! De que adianta querer proporcionar tudo e mais alguma coisa aos seus filhos, se depois não lhe dão o mais importante, o amor. Não há milagres!

A minha prioridade na vida é o bem estar do meu filho. Quero que ele seja feliz todos os dias. Que se sinta amado, que tenha espaço para ser ele a decidir, que saiba que, na maior parte das vezes, é ele a tomar as suas próprias decisões. Considero que isto é muito importante e que assim seja desde pequenino. Sim, porque as crianças, desde muito pequeninas, têm a capacidade de entender e reproduzir o que lhe dizem.

Muito amor, um ambiente tranquilo, estímulos positivos, experiências agradáveis devem fazer parte da infância dos nossos filhos.

Seja feliz!

Sónia

print

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *